Destaques Semanal

Viver em Paz: Evento promove debates entre síndicos, construtoras e advogados

Por: Mariana Alves, Assessoria de Comunicação Social do Sinduscon-DF

Síndicos, advogados, engenheiros, trabalhadores do setor condominial e da construção civil se reuniram nesta quarta-feira (20), para a segunda edição do Viver em Paz. O evento foi realizado no auditório do Sinduscon-DF e contou com uma programação variada com palestras e mesa de debates durante todo o dia.

O presidente do Sinduscon-DF, Dionyzio Klavdianos, abriu o evento ressaltando a importância de construtoras e empresas se atentarem ao nicho condominial. “60% do PIB da indústria da cidade de Brasília é a construção civil. Não podemos nos dar ao luxo de deixar os condomínios sem a luz da técnica, da normatização e da legalidade”, defendeu.

Com a palavra, o advogado imobiliário e condominial, Miguel Zaim, falou sobre as nulidades dos atos formais em direito condominial. Para ele, inserir cláusulas de interesse das construtoras e dos condôminos já na minuta da convenção é fundamental. “É um momento oportuno de legislar sobre os assuntos, de fazer a ratificação e rever a norma interna”, afirmou.

O engenheiro civil Mário Galvão tratou sobre a responsabilidade das construtoras e dos síndicos com o manual de Uso e Operação. “Esse documento tem que ter, basicamente, o período de cada manutenção e como fazer. Muitas vezes, algumas construtoras não se atentam”, explicou.

Para o advogado Alexandre Franco, uma convivência harmoniosa entre os condôminos é fundamental para decidir como será construída a coletividade. “O síndico deve atuar como um gestor e tratar o condomínio com a mesma seriedade e importância de uma empresa”, ressaltou.

Para fechar as palestras da manhã, o assessor jurídico do Sinduscon-DF, Rafael Mota, debateu acerca da mediação, pontuando medidas que podem ser tomadas para evitar o desgaste físico, psicológico e financeiro com brigas entre condôminos e construtoras. “Temos que criar essa cultura de evitar processos. Tragam os problemas para a mediação e, se for o caso, para o judiciário”, sugeriu o advogado. Segundo Rafael, chegam a 90% os casos em que a mediação conseguiu beneficiar todas as partes envolvidas em um conflito.

Evento promove debate entre participantes e empresas do setor imobiliário

A programação da segunda edição do Viver em Paz seguiu, no período da tarde de quarta-feira (20), com palestras de representantes da construção civil. Ao todo, foram mais de 100 pessoas participando durante o dia.

Flávio Borges, engenheiro da ConCret, abriu as palestras da tarde, falando sobre os benefícios de se investir na manutenção das instalações de incêndio. “Não adianta existir somente a lei, se não, os prédios estariam todos de acordo. É preciso que haja uma conscientização e prevenção, evitando possíveis acidentes”, defendeu.

Em seguida, a consultora técnica do Instituto Senai de Tecnologia (IST), Ester Lea, tratou sobre a destinação correta dos resíduos gerados nas obras, destacando como reduzir os gastos dos empreendimentos com a coleta de lixo e evitar o descarte incorreto de resíduos, que, segundo ela, são os principais causadores de contaminação da água. “É muito agradável poder participar e trazer produtos que estão sendo amplamente difundidos pela necessidade de mercado e pela mudança também das corporações e das entregas”, ressaltou.

Com a palavra, Renato Cortopassi, engenheiro da Kali Engenharia e diretor do Sinduscon-DF, debateu sobre os cuidados ao contratar profissionais para inspeção predial e o que pôde-se aprender com o caso do Ed. Andrea, em Fortaleza-CE. “Nós, como profissionais, devemos fazer laudos conclusivos, explicando ‘a fissura foi causada por x’, não se limitando a fazer laudos apenas de inspeção. A fissura, por exemplo, qualquer um pode ver, o profissional é quem diferencia”, explicou.

Sistema elétrico e SPDA ficou por conta da engenheira eletricista da IPT Engenharia, Nathália Salomão. Na oportunidade, ela apresentou os principais problemas ligados à parte elétrica que, segundo ela, geralmente são silenciosos. “Essa troca de conhecimentos ajuda os síndicos e os condôminos a conseguirem, pouco a pouco, encontrar um equilíbrio e evitar acidentes, riscos e situações que possam ser prejudiciais”, reforçou a Nathalia.

Para fechar o dia, Patrick Amorim, da Brasal Incorporações, apresentou um case de sucesso em instalações prediais e as boas práticas adotadas na empresa. “Recentemente, em obras em Brasília e no Goiás, adotamos a ideia de contratar uma administradora de condomínio, capacitada e com corpo técnico completo, para fazer o recebimento da obra junto ao condomínio, podendo, assim, auxiliar o síndico nos primeiros 60 dias”, contou.

Durante o evento, a Corretora de Seguros BRB, a Cerâmica Atlas e a Bancorbrás, patrocinadoras do evento, puderam expor seus produtos e serviços.

Clique aqui e acesse a Galeria de Fotos!

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Faça seu anúncio no JS pelo WhatsApp