Ano 2019Edição JS Nr 399, Jul 2019EdiçõesSíndico em Destaque

Os desafios é fazer muito com pouco recurso, saber gerir bem o que temos na mão e sem deixar cair o padrão.

Coluna Síndico em Destaque

O Síndico em Destaque dessa coluna este mês de Julho de 2019, é o síndico Enedino Fonseca de Deus Neto, síndico do Condomínio Residencial Piazza Di Itália, com 164 unidades, situado na Rua 9 Sul Lotes 11/13 Águas Clares, Brasília DF.

1-) O que é ser Síndico pra você?
É assumir as responsabilidades inerentes ao cargo, dedicando-se a cada dia em solucionar as demandas do condomínio focando na manutenção e segurança, visando o bem estar dos moradores e fazendo com que os objetivos comuns sejam alcançados.

2-) Como você faz pra conciliar suas atividades pessoais, com a de Síndico?
Embora eu seja aposentado e com mais tempo para dedicar-me ao condomínio, planejo e organizo as atividades, encontros e reuniões sempre com agendamentos, tenho duas filhas pequenas em idade escolar que requer muita atenção e dedicação, concilio condomínio e família de modo que um não venha a prejudicar o outro.

3-) Quando assumiu quais os problemas e dificuldades encontradas e qual o maior problema que enfrentou?
Eu nunca havia atuado como síndico, já havia sido subsíndico, conselho fiscal e assim que me aposentei e já com a ideia de concorrer ao cargo e percebendo as necessidades do nosso condomínio em ter alguém capacitado, busquei adquirir conhecimento da área condominial com cursos e palestras. Daí comecei a perceber que não seria uma tarefa fácil e que requer muita responsabilidade e realmente um certo conhecimento e tempo.
Quando assumi parecia que o condomínio estava em ordem, indo bem e já no início do meu mandato recebi um laudo de fachada que o condomínio havia contratado. Pedi a um engenheiro que tem vasto conhecimento nessa área para analisar, descobrimos que o laudo não condizia com a nossa realidade, com muitas falhas e incompleto e que não nos dava uma direção segura para resolver os problemas que estávamos tendo. Teríamos que contratar novamente outra empresa para fazer outro laudo. Aprovamos e contratamos então uma empresa de engenharia para nos assessorar. Analisando também o plano de manutenções com assessoria da engenharia descobrimos que teríamos muito trabalho pela frente para colocar tudo em dia. Estamos concluindo essa etapa dos laudos e nos preparando para fazer as manutenções apontadas. Tenho tido o apoio dos moradores e algumas manutenções até já foram concluídas, estamos colocando o condomínio em ordem como deve ser.
Outra dificuldade que temos é de uma convenção desatualizada, ainda recebida da construtora e que não está mais adequada a nossa realidade, então quando surge certos problemas e vamos consultar a convenção sentimos que está na hora de atualizar.

4-) Quais foram as melhorias implantadas na sua gestão e qual economia o condomínio obteve com a implantação dessas melhorais?
Devido as demandas que tivemos que assumir, ficou quase inviável investir em melhorias e na medida do possível vamos incrementando algumas coisas, o condomínio já conta com 100% de iluminação com lâmpadas de LED nas áreas comuns, temos três pavimentos de garagens e instalamos sensor de presença em todas as iluminações das vagas autônomas. Trocamos algumas empresas prestadoras de serviços com custos menores dos que as estavam sendo praticados, então geramos aí economia com gasto de energia e com a troca das empresas.

5-) Como faz para manter atualizada a inspeção predial ?
O condomínio contratou uma empresa de engenharia especializada, que nos dá consultoria técnica de todo o sistema do prédio e fiscalização de obras, foi feito a análise completa da estrutura e dos sistemas e emitido o parecer técnico. Daí vamos seguindo as orientações que o engenheiro nos dá de acordo o manual de manutenções.

6-) Cite Quais são os principais desafios no seu condomínio, no dia-a-dia?
Como em quase todos os condomínios, os desafios é fazer muito com pouco recurso, saber gerir bem o que temos na mão e sem deixar cair o padrão.

7-) Na sua opinião, quais são os elementos de sucesso para um bom Síndico e como os condôminos podem ajudar na Gestão?
Ser transparente e estar atento as necessidades do condomínio, não deixar cair o padrão no tocante as manutenções, segurança e melhorias, buscar obter mais conhecimento e aperfeiçoamento na área condominial e coloca-las em prática, contar com uma boa assessoria de engenharia e jurídica. Os condôminos podem ajudar dando ideias, trazendo sugestões e temos que estar aberto a ouvir. ‘
😎 Com respeito a acessibilidade, sustentabilidade e educação ambiental quais são os desafios ?

O nosso condomínio tem boa acessibilidade. Quanto a sustentabilidade uma das primeiras medidas que tomei foi implantar o sistema de coleta seletiva sendo bem aceita e elogiada pelos condôminos. Creio ser a tendência de todos os condomínios.

9-) Hoje a segurança é uma questão primordial, quais medidas foram ou são tomadas para melhorar esta questão aqui no condomínio?

Foi feito na gestão anterior um bom investimento em sistema de CFTV e estamos mantendo, também tomamos algumas medidas preventivas com relação a entregadores de não mais subir com as encomendas, tendo que o morador descer para retirá-las. Os agentes de portarias recebem treinamentos e também são orientados a ter muita atenção com relação as movimentações suspeitas nos arredores do condomínio e já vimos resultados positivos.

10-) Qual a mensagem você passaria para futuros síndicos?
A função de síndico não é fácil, portanto, para uma boa gestão busquem o máximo de conhecimento, fazendo cursos da área e assistindo palestras, procurem auxílio e assessoria especializadas. Não queira ser síndico somente por uma questão pessoal ou financeira. Questões importantes, sempre leve para assembleia decidir.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Faça seu anúncio no JS pelo WhatsApp