ArtigosÚltimas Notícias

Trabalhe a harmonia em seu condomínio

A arte de se viver em condomínio é o exercício do bom senso e da cidadania

O período eleitoral parece ter despertado um lado mais agressivo e intolerante nas pessoas. Quantas amizades desfeitas e ofensas propagadas por divergência de pensamentos e opiniões.
Se o convívio entre as pessoas anda conturbado nas redes sociais, é preciso cuidado redobrado para que essa desarmonia não contamine a vida em condomínios, já que a convivência é bem mais próxima.
Em primeiro lugar, a arte de se viver em condomínio é o exercício do bom senso e da cidadania. É colocar em prática o respeito ao próximo para que o dia-a-dia seja mais tranquilo e sem problemas.
Na teoria é simples, o duro é colocar em prática. A maior parte dos problemas que presenciamos nos condomínios que administramos poderia ser evitada facilmente. Música alta, estacionar em vaga que não te pertence ou parar de forma que extrapole o limite da vaga, animais de estimação que fazem suas necessidades em área comum e os donos fazem de conta que não viram são alguns dos exemplos recorrentes.
Também vemos moradores que se esquecem da convenção condominial, que foi democraticamente discutida e elaborada nas reuniões com os condôminos e começam a agir segundo suas próprias regras. Bem, para estes casos, é mais fácil a fiscalização e a cobrança por parte do corpo diretivo local, que pode advertir e até mesmo multar quem não cumpre o regimento. Mas e quanto aos fatores que regem a boa convivência e não constam nas convenções?
Regrinhas básicas como a praticar a gentileza pode mudar completamente o ambiente em que se vive. Sabe aquele morador antissocial que entra no elevador e parece que nem te viu? Cumprimente-o com um sorriso no rosto, com tom receptivo. Quem sabe esse simples gesto não o faz perceber que negligenciou uma regrinha básica da boa educação que é cumprimentar o próximo.
Seja a mudança que você quer ver. Se todo o seu empenho não tiver resultado – o que duvido, pois gentileza gera gentileza sim – pelo menos você fez a sua parte. Blinde-se de sentimentos bons e não se deixe contaminar com a desarmonia que, infelizmente, ainda está tão presente em nossas vidas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!
Faça seu anúncio no JS pelo WhatsApp
Close